Cartas sobre o estalinismo – G. Lukacs

Carta Sobre o Stalinismo Georg Lukács G. LUKÁCS, “Carta sobre o Stalinismo”, in Revista Temas 1, Grijalbo, São Paulo, 1977

Em 1963, depois do XXII Congresso do Partido Comunista da União Soviética, a revista NUOVI ARGOMENTI, dirigida por Alberto Carósio, publicou um inquérito sobre o problema do stalinismo e das transformações verificadas na URSS depois da denúncia do sistema conhecido como “do culto à personalidade”. Este trabalho é a contribuição do filósofo húngaro Georg Lukács àquele trabalho.

….

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Minha primeira reação em fase do XX Congresso, quase puramente imediata, refletiu uma preocupação, mais do que com a pessoa, com a organização: com o aparelho que tinha produzido o “culto da personalidade” e o fixara depois numa espécie de incessante reprodução ampliada. Identificava em Stálin o vértice de uma pirâmide que, alargando-se sempre na direção da base, compunha-se de “pequenos Stálins”, os quais, vistos de cima, eram os objetos e, vistos de baixo, eram os produtores e mantenedores do “culto da personalidade”. Sem o funcionamento regular deste mecanismo, o “culto da personalidade” não teria passado de um sonho subjetivo, de um acidente patológico, e jamais teria podido atingir aquela eficácia social que exerceu durante algumas décadas….
 
Acesse o texto na íntegra:
 [gview file="http://kilombagem.org/wp-content/uploads/2013/01/cartas-sobre-o-stalinismo-do-lukacs3.pdf"]
 Faça Dowload do Texto

Deivison Nkosi

Professor e pesquisador. Integrante do Grupo KILOMBAGEM

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>